Membrana

Epirretiniana Macular

As membranas epirretinianas maculares acometem 20% dos indivíduos acima dos 70 anos de idade e são caracterizadas por finas membranas firmemente aderidas sobre a superfície da região central da retina. Esta doença, em seus estágios iniciais, também é conhecida como “mácula em celofane” e apresenta vários graus de acometimento da acuidade visual. Quando a visão está claramente diminuída e/ou associada a outros sintomas como metamorfopsia (visão distorcida), existe a indicação de cirurgia para retirada da membrana.